segunda-feira, 9 de julho de 2012

Capsule Wardrobe...


imagem retirada daqui


Impressionante como as coisas se entrelaçam e se complementam.

Enquanto estava elaborando o "Projeto 333" a Samanta sugeriu pesquisar sobre "Capsule Wardrobe".

Na época não tive muito tempo para procurar e analisar, mas hoje achei diversas dicas para esse guarda roupa cápsula que podem ser úteis para muitas pessoas, inclusive se quiserem aproveitar as liquidações de uma forma produtiva e para quem quiser aproveitar melhor as peças que já possui em casa.

Confesso que se tivesse dedicado um tempo a isso teria escolhido peças mais coloridas para o Projeto 333, pois na realidade fiquei com medo de ousar sem referências visuais diferentes.

Segundo a Wikipédia, o termo "Capsule Wardrobe" foi usado pela primeira vez por Susie Faux, dona de uma boutique na década de 1970, para designar uma coleçao de itens essenciais de roupas que não vão sair de moda e podem ser atualizados com peças da moda, sem comprar muitas coisas novas a cada mudança de estação.  Faux sugeria que o guarda roupa base tivesse: duas calças, um vestido ou uma saia, uma jaqueta, um casaco, uma malha, dois pares de sapatos e duas bolsas.

A idéia foi popularizada pela designer americana Donna Karan que lançou em 1985 uma coleção cápsula de sete peças que combinavam entre si.
 
Chegamos então a uma coleção de peças intercambiáveis que maximiza o número de combinações possíveis, tendo por objetivo possuir um guarda roupa suficiente para todas as ocasiões e evitar aqueles inúmeros itens que por vezes somente abarrotam nossos armários sem que sejam usados.

Basta, então, comprar ou escolher no guarda roupa as peças básicas, de preferência que tenham boa qualidade, com cores devidamente coordenadas e usar a imaginação. Com isso economizará dinheiro, passando a investir nas roupas que efetivamente dizem quem você é, criando um estilo e não mais seguindo "modas", sem que isso importe em parecer um "brechó ambulante".

Consegui criar o Projeto 333, que agora percebo que pode ser comparado com o guarda roupa cápsula, com praticamente quatro cores - preto, marrom e vermelho, marfim.

Então, para criar seu guarda roupa cápsula você deve seguir alguns passos:

1 - estabelecer quantas peças farão parte do guarda roupa básico - pode escolher sete (Donna Karan), doze (total que usei para 32 combinações), ou um número que você considere razoável - o ideal seria escolher uma jaqueta, uma saia e uma calça da mesma cor ou tecido, depois escolher duas ou três blusas que combinassem com as primeiras peças.

2 - escolher duas cores para a base - preto, marrom, cinza ou azul marinho - calças, casacos e bolsas nessa cor.

3 - escolher duas cores mais brilhantes - azul, lilás, vermelho, vinho, amarelo, marfim, roxo, rosa, verde - devem ser duas cores que se complementem e tamb[em combinem com aquelas escolhidas para a base. Para o Projeto 333 (que tem um número de peças maior porque considera acessórios e peças para três meses) comecei escolhendo cores neutras - preto e marrom, somente depois adicionei vermelho, vinho e marfim. Outras combinações possíveis: azul marinho + branco + laranja, preto + azul + vermelho, verde + vermelho + amarelo (bastante ousado), cinza + roxo + rosa (não gosto de cinza) e tantas outras.

4 - verifique os tipos de roupa com as quais você se sente melhor e que valorizem seu tipo físico. Por exemplo, se você gosta de vestidos e casacos, como eu (vide post do Projeto 333), invista nessas peças e faça variações também com acessórios.

5 - considere a cor de sua pele e cabelo - para isso interessante dar uma olhada no método sazonal que indica as cores que favorecem cada pessoa, dependendo se ela é primavera, verão, outono ou inverno. O material ainda é escasso na internet em blogs nacionais, mas nos demais são encontradas muitas informações.

6 - escolha peças clássicas, tais como, trench coat, saia lápis, vestido preto básico, casaco de inverno, calças pretas, suéter preto ou creme, cardigans de cashmere, calça jeans, camisas brancas, que estão sempre na moda e podem ser usados durante anos.

7 - dê preferência para tecidos de boa qualidade e corte, considerando que a idéia e ter peças que possam ser usados de maneiras diferentes e em combinações diferentes, reduzindo o número é certo que desgaste daquelas usadas será maior.

8 - estabelecida a base, você pode adicionar peças lançadas na própria estação, as famosas "modinhas", atualizando os acessórios, sem esquecer que um colar e um brinco de pérolas atravessam qualquer época e podem ser usados em qualquer situação, sapatilhas são ótimas e confortáveis, sem esquecer dos óculos de sol.

Para quem ainda continua comprando, pode fazer mais de um  "Capsule Wardrobe" e ainda assim terá ganhos de tempo na hora de se vestir! Quanto à economia, é claro que não será a mesma, mas o que não solução, solucionado está!

8 comentários:

  1. Ziula, eu já conhecia essa coisa do capsule wardrobe mas nunca me animei realmente a fazer um de forma sistematizada. De certa forma, eu já tenho um capsule wardrobe ainda que sem a intenção explícita de fazer um. Atualmente tenho pouquíssima roupa!!! Um dia quero sentar e fazer um planejamento real disso. Quando eu fizer te conto como ficou. E você, como está se saindo. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, já estou achando que muitas dessas coisas são intuitivas mesmo... Experimente variar as roupas que já tem, usando de formas diferentes e quando voltar a comprar faça um planejamento, com o que além de economizar, evita coisas que não combinam ou não ficam bem.

      Está tenso o projeto 333... pé quase bom, mas um frio de 10 graus... rs... vamos ver para onde vai... rs

      Excluir
  2. Ziula, também já conhecia essa ideia das cápsulas. Cheguei a comprar um livro da Tita Aguiar que esmiúça bem esta técnica usada pelos personal Stylist. No livro ela afirma que uma cápsula de 12 peças, incluindo acessórios, rendem até 30 combinações...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia... adorei as fotos que encontrei das cápsulas... geniais e fico pensando como não descobri isso antes... o melhor de tudo é o tempo que economiza para pensar o que vestir e evita aquele "tira e experimenta" de alguns dias menos criativos. O Projeto 333 tem economizado principalmente tempo, já que só vou sentir o que economiza em valores quando voltar a comprar.

      Excluir
  3. Depois de ler acho que 33 peças são suficientes para a maioria das pessoas, mas 12 não dá! Eu ainda não me adapto a essas modernidades, mas uma coisa que me chamou a atenção e não fique braba comigo, mas a combinação " verde + vermelho + amarelo (bastante ousado)" não dá né? só se sairmos pra cantar "(...) sirvam nossas façanhas de modelo a toda Terra..." :)

    ResponderExcluir
  4. As doze peças é para formar um guarda roupa cápsula e a idéia são várias "cápsulas" porque não voltado a minimalismo e sim à otimização de peças.

    Quanto às cores, citei porque encontrei algumas fotos e não fica ruim não, fica é mesmo ousado! Não sei se usaria...

    Estava sentindo falta dos seus comentários :-)

    ResponderExcluir
  5. Eu não consigo comentar aqui quando estou só com dispositivo móvel, estranho porque tanto no da Marina quanto no Lud & Leo Reloaded dá normalmente, mas sempre que estou disponível no pc venho, gosto de vir aqui! :)

    ResponderExcluir